Ulisses Correia e Silva preside posse dos Novos Dirigentes Do MpD no Porto Novo

Thursday, June 2, 2022

O Presidente do MpD presidiu nesta quarta feira, 1 junho, a cerimónia de posse da nova Assembleia Política Concelhia presidida por António Quintino Ramos Andrade  e da Comissão Política Concelhia, liderada por Carlita Santos.

Para a nova Presidente da CPC do Porto Novo, novos tempos e novos desafios se avizinham, para o partido no Porto Novo, o partido no poder e a Concelhia assume também este papel de continuar a ser um partido presente, atuante, e criando empatia constante com os militantes e a sociedade em geral para  que o MpD seja sempre o garante da confiança dos eleitores nas urnas.

Para Carlita Santos a missão da Comissão Política Concelhia é a de servir e garantir mais vitórias ao partido, começando a preparar desde hoje os novos embates eleitorais que se avizinham. A presidente da CPC faz ainda um apelo a união dos diferentes órgãos dentro do partido para juntos podermos dar o verdadeiro embate político ao adversário.

A nova presidente eleita, tem como projeto principal, a reativação das bases e   dos núcleos locais e de fazer o partido chegar ainda mais perto dos militantes.

Para o Presidente do MpD é de saudar a nova Presidente da CPC, do Porto Novo, uma mulher dedicada a causa pública, pois a política também é uma causa.

Ulisses Correia e Silva ressaltou e endereçou uma palavra de reconhecimento e apresso a equipa cessante liderada pelo Damião Medina, pelo excelente trabalho durante esses anos que levou o MpD  a sair vitorioso nas urnas no Porto Novo.

O Presidente do MpD, reforçou que a política é também renovação , e a lista eleita é um espelho de representatividade e renovação, e a principal lição é o do funcionamento da democracia interna no partido.

O mais importante após as eleições é nos manter-nos coesos após os embates e acima de tudo começarmos a trabalhar para juntos servirmos o MpD, o Porto Novo e sobretudo Cabo Verde.

De acordo com o Presidente do MpD o crescimento e a fidelização dos militantes é o objetivo número um, e dar combate político mostrando que somos melhores e merecemos continuar a governar.

O contexto global implica um MpD forte, a comunicar com a sociedade a combater a desinformação e as fake news, e as Comissões Políticas Concelhias fortes significam que o partido também está forte.

Para Ulisses Correia e Silva a palavra de ordem é reconhecer o que já foi feito e fazer muito mais, porque juntos somos mais fortes.